Apren | Associação de Energias Renováveis

Hídrica

A Energia Hídrica é obtida a partir da energia potencial de uma massa de água e pode ser convertida em energia mecânica (pela rotação de um eixo) através de turbinas hidráulicas.  Por sua vez estas podem gerar energia elétrica, como acontece nos aproveitamentos hidroelétricos. 


Geralmente os aproveitamentos hidroelétricos compreendem barragens, de forma a reter água sob a forma de energia potencial, numa cota elevada. A água é depois libertada do reservatório fluindo através de turbinas, numa cota inferior, e por meio de geradores a energia mecânica da turbina é convertida em energia elétrica.

As centrais hidroelétricas classificam-se quanto ao aproveitamento como centrais de fio de água ou centrais com regularização. As centrais de fio de água não têm capacidade de armazenar água. Assim, se o volume excede os limites para os quais foram dimensionadas, a água é turbinada ou descarregada. As centrais com regularização possuem capacidade de armazenamento e podem regular os fluxos de água, de modo a utilizá-los quando for mais conveniente. Com efeito, estas centrais armazenam nas albufeiras a água durante o inverno, de modo a poderem fornecer energia nos períodos de menor pluviosidade.

Este tipo de aproveitamento energético tornou-se, desde o início do século XX, uma das formas privilegiadas de produção de energia elétrica. De facto, nos anos 50/60, em Portugal, a quase totalidade do consumo era assegurado por centrais hidroelétricas utilizando-se apenas centrais térmicas para apoio em períodos de seca.






todos os direitos reservados