Produção

Desde janeiro a agosto de 2018, as fontes de energias renováveis (FER) têm tido um papel preponderante na produção elétrica de Portugal Continental, tendo contribuído com 55,3 % para o total de eletricidade gerada (37 451 GWh).

É visível uma redução da produção eólica no mês de setembro, muito típica deste período do ano, geralmente caracterizado por índices de eolicidade reduzidos (0,61). 

 

A participação das tecnologias fósseis no perfil de produção de eletricidade tem vindo a aumentar nos últimos meses, em muito resultante da tendência exportadora de Portugal Continental.

De janeiro a junho de 2018, as fontes de energias renováveis representaram 38,6% (161 GWh) do total da produção elétrica da Região Autónoma da Madeira.

De janeiro a junho, as fontes de energias renováveis representaram 41,3 % (158 GWh) do total da produção elétrica da Região Autónoma dos Açores.

A maior utilização dos recursos endógenos e renováveis portugueses para a produção de eletricidade tem alterado a composição do mix de produção de eletricidade em Portugal e tem, consecutivamente, desempenhado um papel cada vez mais determinante na satisfação do consumo.